Brasil na Copa, Lobão e 4 de julho

Nada como ouvir a guitarra do Lobão “cantando” o nosso Hino no dia do jogo do Brasil nas quartas de final numa Copa que está sendo em nosso país. Não coincidentemente, hoje é o dia da Independência americana. Uma data muito simbólica para a maioria dos liberais e conservadores! Que possamos, como os americanos, ter um patriotismo que vá muito além dos eventos esportivos. E faça como o Lobão, que já demonstrava seu patriotismo desde muito antes da seu amadurecimento político. Venha você também para a direita festiva!

Link do vídeo:

Erros e acertos do Daniel Mastral

Acertos:

 

Diz que o dízimo não vale pros nossos dias.

Entende biblicamente a batalha espiritual

Combate a banalização dos atos poféticos

Foca sua mensagem na meditação da Palavra e na oração

Combate os falsos profetas

Entende que as mulheres podem ser ministras

Nos revela os abusos e manipulações que existem nas igrejas.

Tem um entendimento interessante sobre revelações.

Compreende a ação do inimigo e revela, pela palavra à Igreja

 

Erros:

 

Sugere que todas as pessoas serão salvas

Sugere que não existam mais apóstolos

Sugere que não poderá haver um grande avivamento final

É contra os movimentos de restauração nacionais

Não acredita que pode haver uma redenção nacional, por exemplo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre a Bíblia

As incoerências humanas ds Bíblia demonstram a fidelidade com que os registros foram feitos. Não houve manipulação para um livro que relata tantas visões diferentes. A inerrância Bíblica é real do ponto de vista espiritual. E sim, a Bíblia é a Palavra de Deus.

Estaria, o Papa, apoiando o ativismo gay?

Julio Severo

LifeSiteNews, que é o maior portal católico pró-vida do mundo, noticiou sobre o Papa Francisco celebrando missa com o Pe. Michele, um dos maiores ativistas homossexuais da Itália.

Papa Francisco I beija mão de Pe. Michele, notório ativista homossexual da Itália

Meses atrás, o papa foi capa da maior revista homossexual do mundo — gesto significativo dos ativistas gays americanos, que acham que esse papa tem muito mais a favor do que contra sua causa.

Se Jesus estivesse no lugar do papa diante do Pe. Michele, o que Ele faria? Ele diria: “Você não precisa de cargo de padre, bispo ou pastor. Você precisa ser liberto da opressão do pecado homossexual. Você quer ser liberto?”

Se a resposta fosse sim, Jesus o libertaria e diria: “Venha e siga-me. Vou lhe ensinar a ser meu discípulo.”

Se a resposta fosse não, Jesus diria: “Você não pode ser padre, bispo e pastor e ao mesmo tempo viver debaixo da opressão do homossexualismo. Como você poderá libertar os cativos e destruir as obras do diabo com a autoridade do Meu Nome se você é cativo e as obras do diabo não foram destruídas em sua vida?”

Enquanto o padre ativista gay não é liberto, o mínimo que se poderia fazer por ele é não mantê-lo no cargo de padre.

Só não vou fazer uma crítica pesada porque esse é um problema do quintal católico. As críticas pesadas deixo para o quintal evangélico.

Papa Francisco I realiza missa com Pe. Michele

Eis agora o trecho principal do artigo “Pope kisses the hand of, concelebrates mass with pro-homosexual activist priest” de LifeSiteNews, traduzido por mim:

O Papa Francisco causou espanto no começo de maio ao concelebrar missa com um padre que é um dos principais ativistas homossexuais da Itália e está fazendo campanhas para que a Igreja Católica mude seu ensino sobre a homossexualidade. O papa também beijou a mão do padre. Em 6 de maio, Francisco recebeu o padre de 93 anos que cofundou Agedo Foggia, uma organização de ativistas homossexuais que se opõe ao ensino da Igreja Católica.

O Pe. (Don) Michele de Paolis concelebrou missa com o Papa Francisco no Domu Santa Marta e então deu de presente ao pontífice um cálice de madeira, um pratinho e um exemplar de seu mais recente livro “Querido Don Michele — perguntas para um padre inconveniente.”

Num livro anterior, Don Michele escreveu: “o amor homossexual é um do de (Deus) que em nada é inferior ao amor heterossexual.”

Fonte: www.juliosevero.comImagem